Sustentabilidade acrescenta valor ao sector de consumo e retalho

THE OVERVIEW EFFECT APRESENTA RELATÓRIO SOBRE OS DESAFIOS SOCIAIS E AMBIENTAIS ENFRENTADOS POR ESTAS EMPRESAS

Grande Consumo



A The Overview Effect, a empresa Minsait especializada em impulsionar a inovação e o desenvolvimento sustentável nas empresas, acaba de apresentar o relatório “Change Perspectives”, no qual analisa os desafios enfrentados pelo sector de consumo e retalho em termos de sustentabilidade nas esferas social e ambiental.


Desafios que, como explica o CEO, Nacho Rivera, “são também grandes oportunidades para a transformação rumo a um sistema alimentar que reduz os danos ambientais, promove a regeneração dos ecossistemas e oferece aos consumidores produtos seguros e saudáveis que garantem o seu bem-estar“.


Desafios


Dos desafios identificados no documento destacam-se os 26% de emissões provenientes dos alimentos que produzimos e consumimos, 30% de emissões geradas por alterações no uso do solo e 8,4% de mortes causadas pela obesidade em todo o mundo. Desafios que provocam mudanças nos hábitos de consumo e levam as empresas do sector a “oferecer produtos mais sustentáveis e mais saudáveis nas prateleiras“, de acordo com a The Overview Effect, sendo necessário evoluir não só nestes artigos, mas também na experiência de compra na loja.

Para a filial da Minsait, uma empresa Indra, é importante passar de uma visão marcada pela gestão de risco e conformidade regulamentar para uma visão que transforme o modelo empresarial, entendendo a sustentabilidade como outro elemento gerador de valor para as marcas.


Em Portugal, o avanço para uma economia mais circular é um desafio multidisciplinar que implica um conjunto de estratégias públicas e privadas que prevejam respostas plenamente alinhadas com os objetivos a que o país se propôs no âmbito do Acordo de Paris e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 2030 das Nações Unidas.


Consumo responsável em 10 passos


A The Overview Effect identifica no seu relatório 10 passos para que o sector de consumo e retalho avance para um modelo económico mais sustentável: coesão territorial e empoderamento do sector primário, produção sustentável e regenerativa, alimentação segura e saudável, emprego e cadeia de valores éticos, economia circular e desperdício alimentar, rastreabilidade, consciencialização dos consumidores, descarbonização, pesca sustentável e proteção dos ecossistemas marinhos e biodiversidade e regeneração dos ecossistemas.


Alinhadas com os ODS, e para além de servir como marco global de atuação comum, estas diretrizes, segundo Nacho Rivera, “devem proporcionar às empresas a oportunidade de gerar valor nelas mesmas, identificando áreas de inovação muito específicas onde possam gerar soluções para desafios globais através dos seus modelos de negócio“.


Iniciativas em curso


Uma das grandes mudanças necessárias para impulsionar a transformação rumo à sustentabilidade consiste em compreender que é possível crescer economicamente e gerar impacto positivo. A relação entre crescimento económico e sustentabilidade é cada vez mais clara e as empresas que não integrem este princípio no seu modelo terão muita dificuldade em existir no futuro“, diz Nacho Rivera, que acredita que “as grandes soluções no sector do consumo e do retalho serão criadas nos próximos anos e serão feitas a partir de uma perspetiva inovadora e sistémica“.


O trabalho da The Overview Effect centra-se na identificação de novos modelos empresariais sustentáveis que ajudam as empresas a alcançar uma nova geração de consumidores e a aumentar o valor diferencial do produto final. Das suas iniciativas destacam-se a Renatura, a plataforma digital que liga as empresas interessadas em realizar projetos de regeneração com as organizações que os executam no terreno, a fim de encorajar a conservação da biodiversidade e da riqueza socioeconómica das áreas em questão. Outro projeto é o Carbon Positive, uma ferramenta que ajuda as áreas de negócio a desenvolver novos produtos sustentáveis. Entre outras capacidades, permite analisar processos de conceção de produtos e realizar simulações para encorajar a tomada de decisões antes do lançamento de novos produtos e embalagens.




|Fonte: Grande Consumo, 11 de Novembro 2022

2 views