Cinco formas de consumir com menos impacto

A Health Coach Ana Gomes defende que pequenas alterações podem fazer uma enorme diferença. Siga as suas dicas e conselhos para um consumo com menos impacto ambiental.

É inacreditável saber que já esgotamos os recursos naturais de 2021 quando ainda nem estamos a meio do ano! É urgente mudar comportamentos e o nosso consumo diário.

Ana Gomes acredita que um estilo de vida mais saudável passa também por um estilo de vida mais sustentável e amigo do planeta.

Health Coach defende que, pequenas alterações podem fazer uma grande diferença e, por isso, deixa aqui 5 formas (simples) de consumir com menos impacto:

COMPRAR A GRANEL

Comprar a granel é uma excelente forma de consumir com menos impacto porque dispensa embalagens, podendo usar os nossos frascos ou sacos inúmeras vezes.

Desta forma, compramos também apenas as quantidades de que necessitamos, o que permite não só ajustar o valor que despendemos, mas também controlar o desperdício alimentar, já que muitas vezes acabamos por não consumir a totalidade dos produtos que compramos.

LIMITAR O CONSUMO DE ÁGUA

Encurtar a duração dos duches e desligar a torneira quando nos estamos a ensaboar ou a lavar os dentes parecem (e são) coisas tão simples para consumir menos água, mas nem sempre as praticamos. Lembrem-se que, para além disso, é também uma boa forma de poupar na fatura mensal.

DIMINUIR O CONSUMO DE PRODUTOS DE USO ÚNICO

Palhinhas e guardanapos são disso um bom exemplo. E não temos que deixar de os consumir, basta optar por alternativas mais ecológicas ou reutilizáveis já disponíveis no mercado ou que até já temos por casa, como por exemplo, as palhinhas em inox e os guardanapos de pano. Podemos também recusar talheres descartáveis usando um conjunto que possa sempre andar connosco.

RECICLAR, REDUZIR, REUTILIZAR

Os três R’s que fazem a diferença! Há que pô-los em prática e contagiar os outros com a nossa atitude. Ensinar os miúdos a reciclar, a valorizar mais as coisas e a serem inventivos com os brinquedos e criativos com o que os rodeia são boas formas de incutir estes valores nas suas vidas.

SER UMA VOZ ATIVA

Sugerir, motivar e incentivar sempre. Podemos deixar sugestões nos restaurantes ou nas lojas onde consumimos. O consumidor tem uma voz ativa e as marcas acabam por querer ir ao encontro das suas necessidades e exigências, vamos por isso fazer escolhas mais conscientes e exigir alternativas.

E não deixem de o fazer por acharem que a vossa mudança ou o vosso exemplo não será o suficiente, é nestes momentos que me lembro daquele ditado que diz: “Se achas que és muito pequeno para fazer a diferença, tenta dormir num quarto com um mosquito”!

| Fonte: Sapo, 2021