top of page

Setubalenses já ‘salvaram’ mais de 62 toneladas de alimentos

Empresas como a Too Good To Go recorrem ao reaproveitamento alimentar para evitar o desperdício.





A população de Setúbal já ‘salvou’ mais de 62 toneladas de alimentos desde 2019, recorrendo ao reaproveitamento alimentar, através da empresa Too Good To Go. Os setubalenses mostram-se atentos e preocupados com esta problemática, garantindo que é importante “aproveitar” os alimentos, tendo também em conta “a situação da inflação” que se vive em Portugal.


Aplicações como a Too Good To Go chegaram ao mercado com o objectivo de consciencializar as pessoas relativamente ao desperdício alimentar. A empresa funciona com uma aplicação, que se liga a vários estabelecimentos, sendo que os utilizadores podem comprar comida que não foi vendida, por um preço reduzido.


De acordo com os dados fornecidos pela empresa, existem 60 estabelecimentos que “salvam alimentos” na cidade e, graças a estes espaços e aos utilizadores, foi possível recuperar mais de 62 mil surprise bags [o que em português significa sacos surpresa], o equivalente a 62 toneladas de alimentos salvos. Também foi possível “salvar” 155 mil quilos de dióxido de carbono e do desperdício (as mesmas emissões produzidas pelo carregamento das baterias de 27,4 milhões de telemóveis).


Susana Matias, moradora em Azeitão, falou a O SETUBALENSE sobre o desperdício alimentar e assegurou que é importante não se “estragar comida”. “É um problema sério, esse tipo de empresas são importantes para não se estragar comida. Ainda para mais com o problema da inflação, não nos podemos dar ao luxo de se estragar comida”, referiu.


A preocupação com o desperdício alimentar está entre as preocupações da população sadina, exemplo disso é Maria José, residente em Setúbal, que falou a O SETUBALENSE. “Com tanta gente a passar fome não se pode estar a jogar comida fora. Com isto da inflação é bom saber que se procuram criar alternativas. O desperdício alimentar é um problema sério, ainda para mais como isto anda actualmente”, rematou.


Mariana Banazol, directora de Marketing da Too Good To Go para Portugal e Espanha, explicou que a empresa está satisfeita com o caminho que está a ser realizado, principalmente quanto à consciencialização do desperdício alimentar. “Estamos muito satisfeitos pelo caminho que estamos a percorrer no que toca à consciencialização do desperdício alimentar e também muito gratos por saber que muitos alimentos foram poupados graças aos nossos consumidores e parceiros. Nunca é demais reforçar o facto de que as acções individuais, e o trabalho em conjunto, fazem diferença e têm um impacto positivo para a sociedade e para o planeta. Isto é especialmente importante quando sabemos que o desperdício alimentar é responsável por 10% das emissões globais de gases com efeito de estufa e pelo desperdício de recursos naturais”, afirma.


De acordo com os dados fornecidos pela empresa, mais de 2.500 milhões de toneladas de alimentos são desperdiçados anualmente em todo o mundo. A empresa anunciou, em Março deste ano, que chegou ao marco de 200 milhões de surprise bags salvas do desperdício.



|Fonte: O Setubalense, 16 de maio 2023

29 views
bottom of page