Preocupações com sustentabilidade levam 71% das mulheres a limitar gastos

Portuguesas compram menos artigos "com o objetivo de reduzir a acumulação de objetos e de ter uma vida mais simplificada".


Notícias ao Minuto



As preocupações com a sustentabilidade motivam 71% das mulheres a limitar os seus gastos, de acordo com um estudo European Consumer Payment Repor da Intrum, divulgado esta terça-feira, em que se assinala o Dia Internacional da Mulher.


"Comparativamente ao período pré-pandemia, 71% das mulheres portuguesas está a comprar menos artigos precisamente com o objetivo de reduzir a acumulação de objetos e de ter uma vida mais simplificada", pode ler-se num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.


Esta preocupação, revela o estudo, "manifesta-se também a nível de refeições, uma vez que 72% das mulheres portuguesas declara que aproveita mais as sobras dos alimentos do que anteriormente, superando o valor médio de 61% das mulheres europeias. Desta forma, adiam a compra de novos alimentos e reduzem o impacto que o desperdício alimentar teria no ambiente".


"Tanto a nível de consumo como em desperdício alimentar, as mulheres mostram-se mais conscientes e preocupadas do que os homens, dado que destes apenas 66% reaproveitam alimentos e 66% adquirem menos artigos", conclui o mesmo estudo.


Os dados que constam neste estudo foram recolhidos em 2021 a partir de uma amostra de 1.000 inquiridos portugueses, entre os quais 493 eram mulheres.



|Fonte: Notícias ao Minuto, 08 de Março 2022

10 views