MISSÃO CONTINENTE IDENTIFICA 5 ÁREAS DE ATUAÇÃO PRIORITÁRIA EM PORTUGAL

News Cision


‘Desperdício Alimentar’, ‘Inclusão Social’, ‘Envelhecimento’, ‘Saúde na Infância e Adolescência’ e ‘Emprego e Transição Digital’ foram os cinco grandes temas identificados durante a Sessão Plenária do Conselho Estratégico da Missão Continente, como áreas de intervenção prioritária em Portugal nos próximos anos. De forma a avaliar e promover iniciativas que possam concretizar um apoio mais vasto em prol da comunidade, os temas serão trabalhados ao longo do tempo por Grupos de Reflexão, compostos pelos mais altos representantes de várias das principais entidades do nosso país, criados na sequência da reunião geral.


O tema do Desperdício Alimentar vai ser debatido pela Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), Associação Portuguesa de Nutrição (APN), Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome (FPBACF), Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, Federação das Indústrias Portuguesas Agroalimentares (FIPA), Instituto Superior de Agronomia (ISA), Quercus e Re-food, e visa uma perspetiva alargada, desde a sustentabilidade da agricultura ao reaproveitamento de matéria-prima agroalimentar, das pessoas à compostagem.


A Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género (CIG), Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), Direção-Geral da Educação (DGE), Escola Nacional de Saúde Pública (ENSP), Entrajuda, GRACE e Instituto de Ciências Sociais (ICS) vão discutir a urgência da Inclusão Social de forma transversal na sociedade portuguesa, num contexto em que as desigualdades socioeconómicas têm vindo a agravar-se com a pandemia. A população alvo desta reflexão e decorrentes iniciativas dizem respeito, não só às camadas sociais de portugueses que vivem em pobreza estrutural, mas também aos grupos vulneráveis compostos por imigrantes e refugiados.


O tema do Envelhecimento, nomeadamente, o estado da sustentabilidade demográfica em Portugal, e a procura por respostas e iniciativas que promovam uma melhor qualidade de vida para esta faixa etária é o objetivo do grupo de discussão constituído pela Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade, Direção-Geral da Saúde, Ordem dos Enfermeiros, Estrutura Missão Portugal Inovação Social, RUTIS e União das Misericórdias Portuguesas.


A Saúde na Infância e Adolescência com ênfase, por um lado, no hábito do exercício físico e prática desportiva, desde cedo e durante toda a vida, e o diagnóstico atempado de limitações físicas, com potencial impacto positivo ao nível de desempenho escolar e, mais tarde, profissional é o objetivo da discussão da APN, FPBACF, Centro de Estudos e Investigação em Dinâmicas Sociais e Saúde, Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Sociedade Portuguesa de Pediatria (SPP) e Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN).


A 42 Lisboa, Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional (ANQEP), CIG, Agência para a Competitividade e Inovação (IAPMEI) e PIS vão fazer uma reflexão sobre a qualificação, a valorização profissional, a adaptação às novas profissões e a igualdade de género no mercado de trabalho.


O novo modelo Estratégico da Missão Continente envolve entidades representativas da comunidade, que analisam os grandes temas, desafios e problemas do contexto social atual e futuro. O Conselho Estratégico é composto por representantes de áreas fundamentais da sociedade portuguesa que vão permitir que a Missão Continente trabalhe consistentemente ao longo do ano, com todos os parceiros sociais, através de um conjunto de iniciativas a definir.


|Fonte: News Cision, 17 de Janeiro 2022

6 views