Lidl: vendas perto da validade evitam desperdício de três milhões de alimentos

"Bom demais para deixar para trás" é a iniciativa que pretende "combater a situação de desigualdade no acesso e no consumo de alimentos", segundo explica a diretora de Comunicação dos supermercados Lidl.



Dinheiro Vivo


Lidl evita desperdício de três milhões de produtos em apenas um ano © André Rolo / Global Imagens


A empresa alemã de retalho Lidl evitou o desperdício de quase três milhões de unidades de pão, produtos frescos, carne e peixe, no último ano. Através da iniciativa "Bom demais para deixar para trás", a cadeia de supermercados promoveu a venda de produtos selecionados, perto do fim de validade, através da redução em 50% do seu preço.


Do total dos produtos que integram o projeto, 5% são de padaria, 23% são frescos, 34% são carnes e 8% são peixe, avança a empresa em comunicado.

Os produtos selecionados estão numa localização específica em cada loja e destacam-se pelo selo verde na embalagem. No caso do pão, por exemplo, as variedades do dia anterior são vendidas no dia seguinte a metade do preço

Com esta iniciativa, o Lidl quer sensibilizar os clientes para um consumo mais consciente e que possam também usufruir de produtos frescos a um preço mais reduzido, e para que estejam acessíveis a todo o público, lê-se na mesma nota.

Lidl combate desperdício alimentar

A iniciativa "Bom demais para deixar para trás" integra a estratégia recorrente da empresa que pretende combater o desperdício através de outras medidas como a oferta diária em loja de frutas frescas, legumes e carne, a venda de produtos a granel, presentes na padaria, pastelaria, na fruta, legumes, peixe congelado ou marisco, permitindo aos clientes que escolham as quantidades que querem de cada produto. O Lidl consegue assim fazer uma gestão eficiente do inventário, ajustando o tamanho das encomendas, no que toca às quantidades a encomendar, evitando o excesso e o desperdício.

Existem outras medidas como a "Data Limite Lidl", data anterior à de validade, permitindo aos clientes que comprem artigos com 30% de desconto e que estão assinalados com um selo laranja, evitando, mais uma vez, o desperdício. Já o projeto Realimenta, "em parceria com 1137 entidades, entre as quais a Re-food, a Zero Desperdício e várias IPSS (Instituições particulares de solidariedade social) de âmbito local. Em 2021 o Lidl Portugal doou, através do Realimenta, quase 3300 toneladas de alimentos, que impactaram cerca de 195 mil beneficiários", explica o Lidl em comunicado.

Para a diretora de Assuntos Públicos, Comunicação e ESG do Lidl Portugal, Elena Aldana, "o desperdício alimentar constitui um problema à escala global e importa sensibilizar a população para uma mudança de comportamento e um consumo mais consciente. Este projeto ["Bom demais para deixar para trás"] é mais uma das soluções que encontrámos para contribuir para um futuro mais sustentável, e que ganha especial relevância no atual contexto mundial, onde é fundamental combater a situação de desigualdade no acesso e no consumo de alimentos".



|Fonte: Dinheiro Vivo, 28 de Abril 2022

6 views