Combate ao desperdício: apps permitem comprar sobras de restaurantes a preços acessíveis

Há aplicações para telemóvel que permitem comprar sobras de cafés e restaurantes a preços acessíveis — ajudando a combater o desperdício alimentar.

ZAP



O negociante cria uma caixa com diversas opções de sobras e o utilizador escolha aquela que lhe apelar mais.


Na Singapura, há uma aplicação que tem um modelo semelhante, mas que se foca principalmente em comida desperdiçada nos buffets de hotéis. Lá, as pessoas podem agora pagar cerca 7,50 euros por um prato de sobras de buffets de hotéis através de uma aplicação chamada Treatsure.


Cerca de 790 mil toneladas de alimentos foram desperdiçadas em 2015, em Singapura, um aumento de quase 50% numa década. A Treatsure, como explica no seu site, oferece “uma solução alternativa que ajudará a lidar com o desperdício de alimentos, ao mesmo tempo que agrega valor aos comerciantes e consumidores comuns”.


Não só é uma alternativa para as pessoas que querem fazer a diferença no que toca ao desperdício alimentar, como também é uma excelente oportunidade para poupar dinheiro.


Em 2021, a Economist Intelligence Unit considerou Singapura a segunda cidade mais cara do mundo. O buffet num hotel chique pode custar cerca de 35 euros.


A redução da perda e desperdício de alimentos é vista como uma forma de diminuir os custos de produção, melhorar a segurança alimentar e nutricional e contribuir para a sustentabilidade ambiental, nomeadamente aliviando a pressão sobre os recursos naturais e diminuindo as emissões de gases com efeito de estufa.



|Fonte: ZAP, 25 de Setembro 2022

33 views