Católica-Lisbon volta a promover praxe solidária

Human Resources Sapo



Trocar a sala de aula por um dia ao ar livre, de mangas arregaçadas, nos campos agrícolas da Golegã é o repto lançado pela Católica Lisbon School of Business & Economics aos alunos que iniciam as suas licenciaturas em Economia e Gestão.



Após uma interrupção de um ano, devido à pandemia da COVID-19, o Dia Solidário, regressa à Católica-Lisbon. Esta iniciativa de Combate ao Desperdício Alimentar é já uma tradição da escola e volta a ser realizada para os caloiros de 2021/2022.


Este dia solidário que pretende ser uma alternativa às praxes tradicionais decorre a 2 de Setembro e tem como objectivo contribuir para a integração dos novos alunos, fomentando desde o primeiro dia o espírito solidário inerente aos valores da Católica-Lisbon.

Durante uma tarde, os caloiros são desafiados a colocarem de lado os livros e a participarem na acção solidária “Restolho”, que consiste em colher alimentos, neste caso batatas, de calibre inadequado, que ficam por recolher nos campos e que são, desaproveitados.


A iniciativa “Restolho” é desenvolvida em colaboração com a AGROMAIS, Cooperativa Agrícola que representa um conjunto vasto de produtores da região norte do Vale do Tejo, com a AGROTEJO, com a Federação dos Bancos Alimentares Contra a Fome e a ENTRAJUDA.


Em 2019, os alunos da Católica Lisbon recolheram cerca de quatro toneladas de batatas, que foram posteriormente entregues a instituições de solidariedade social.

Esta iniciativa, que vai já na sua 6.ª edição, e que pretende ser uma alternativa à praxe tradicional, vem também responder a uma tendência nacional e internacional e que passa pela vontade dos jovens em participar cada vez mais em acções de responsabilidade social. | Fonte: Human Resources 1 de Setembro 2021

24 views