Cadeia alimentar evita desperdício de 18 mil toneladas de produtos alimentares


Grande Consumo


Em 2020, foram direcionadas para doação cerca de 18.534 toneladas de produtos alimentares provenientes das cadeias alimentares que integram a Associação Portuguesa de Empresas de Distribuição (APED), mais 16% do que no ano anterior.Esta meta foi celebrada no evento organizado pelo Movimento Unidos Contra o Desperdício.


O diretor geral da APED, Gonçalo Lobo Xavier, acrescenta ainda que, “no ano passado, foi possível evitar-se o desperdício de mais 12.300 toneladas de produtos que estavam prestes a atingir a data de validade”, mais 17% do que em 2019, através de um circuito para facilitar o consumo destes produtos em condições de segurança, nomeadamente através da identificação com etiqueta específica e redução do preço.


Estão abrangidas nesta iniciativa cerca de 1.800 lojas associadas da APED.

Unidos Contra o Desperdício


A APED participou neste evento enquanto membro fundador do Unidos Contra o Desperdício, um movimento cívico e nacional lançado no âmbito do Dia Internacional da Consciencialização sobre Perdas e Desperdícios Alimentares, que comemorou o seu primeiro aniversário com o lançamento de uma campanha de sensibilização, à escala nacional, junto do consumidor. Assente no racional da reutilização, a campanha reúne antigos filmes e cartazes publicitários das várias marcas.


Participam nesta iniciativa as 11 cadeias do sector de distribuição alimentar, que contribuíram para os resultados alcançados na redução do desperdício alimentar: Aldi, Auchan Retail Portugal, Continente, Minipreço, El Corte Inglés, Intermaché, Lidl, Makro, Mercadona, Pingo Doce e Recheio.



|Fonte: Grande Consumo, 30 de Setembro 2021

29 views