top of page

Auchan Retail Portugal distinguida como o Retalhista Sustentável do Ano

PRÉMIO DE SUSTENTABILIDADE ATRIBUÍDO PEL’ A MELHOR LOJA DE PORTUGAL




As boas práticas em matéria de sustentabilidade e na promoção da economia circular da Auchan Retail Portugal foram alvo de destaque em mais uma edição do LPR Retalhista Sustentável do Ano, prémio especial atribuído no âmbito da iniciativa A Melhor Loja de Portugal, dinamizada pela Grande Consumo, e que teve esta quarta-feira, dia 19 de abril, a entrega de prémios da edição alusiva ao exercício de 2023.


Trata-se de um prémio de júri que, com base num conjunto alargado de critérios, visa premiar os esforços desenvolvidos na promoção de um futuro melhor, tendo como base de avaliação o modo como a sustentabilidade é aplicada na visão e estratégia de um determinado retalhista.

Critérios de avaliação


O prémio foi, por decisão consensual, entregue à Auchan Retail Portugal, após a análise do júri composto por Raul Magalhães, presidente da APLOG, Pedro Pimentel, diretor geral da Centromarca, João de Castro Guimarães, diretor executivo da GS1, Bruno Farias, diretor da Grande Consumo, Flávio Guerreiro, Country Manager da LPR Portugal, e Ana Isabel Trigo Morais, CEO da Sociedade Ponto Verde, que avaliou o modo como a sustentabilidade é aplicada na visão e estratégia dos retalhistas, incluindo nesta análise metas de curto e longo prazo.


Entre os critérios analisados, constaram aspetos como a variedade e fornecedores, a responsabilidade ao longo da cadeia de valor, a visão dos custos sociais, a gama, o papel face à economia circular, a inspiração para o cliente e a gestão operacional.


Na base da eleição do LPR Retalhista Sustentável do Ano, e a favor do vencedor do prémio, estiveram argumentos como o espaço em loja dedicado a produtos Bio, o apoio a cadeias curtas e a produtores locais, a prevenção do desperdício alimentar com iniciativas específicas, a liderança da venda a granel, a amplitude das iniciativas em sustentabilidade nos três eixos ESG (Environmental, Social e Governance), conforme reportado no respetivo Relatório de Sustentabilidade, a longevidade/histórico da prioridade a iniciativas ESG, a relação com parceiros, ao longo de toda a cadeia de valor, o sortido em loja, permitindo ao consumidor múltiplas opções em linha com critérios ESG, e o foco nos materiais de embalagem e a sua minimização nos produtos de marca própria.


“A sustentabilidade faz parte do ADN da LPR, a qual, através do seu ‘business model’, contribui ativa e efetivamente para uma sociedade mais sustentável, sobretudo pelo seu conceito intrínseco de circularidade. Desta forma, pareceu-nos natural darmos mais um passo nesta área e, em conjunto com a Grande Consumo, atribuímos o prémio de Retalhista Sustentável do Ano, onde se pretende promover, divulgar e galardoar as melhores práticas neste âmbito ao nível do retalho nacional, as quais, fruto da sua relevância, possuem um elevado impacto na sociedade”, considera Flávio Guerreiro, Country Manager da LPR Portugal, “naming sponsor” deste prémio.





Lush com menção honrosa


A Lush, empresa de cosmética que se assume como uma alternativa no mercado, não só pela disrupção do conceito, mas onde a promoção da reciclagem e da economia circular estão em destaque, foi, igualmente, alvo de uma menção honrosa por parte do júri do prémio LPR Retalhista Sustentável do Ano.


Para este mesmo destaque, foram considerados aspetos como o posicionamento diferenciado face ao restante mercado da beleza, a aposta em produtos de origem vegan, o ser feito à mão, a promoção da noção da embalagem como serviço, a promoção da reciclagem e da economia circular, ser uma marca que abraça causas e assume posições, como, por exemplo, ter saído das redes sociais, por entender que as mesmas não promovem o bem-estar dos consumidores, como é seu apanágio.



|Fonte: Grande Consumo, 20 de abril 2023

19 views
bottom of page