Abóbora manteiga: primeiro, descora-se; depois come-se

Marketeer



Até 1 de Novembro, 115 mil abóboras Butternut produzidas em Portugal por 13 produtores vão estar à venda no Continente, Pingo Doce/Recheio, Auchan e Dia (supermercados aderentes) com uma etiqueta especial que desafia os consumidores a participar no concurso “A Abóbora Mais Terrorífica”. Basta ler o QR code e enviar uma fotografia de uma abóbora manteiga decorada.


A campanha, promovida pela associação Love Butternut, é lançada agora por ocasião do Halloween e tem como objectivo aumentar o consumo de abóbora em território nacional. Além dos supermercados, a associação aponta também aos mais novos ao levar o mesmo passatempo às escolas: mais de 3300 alunos decoram abóboras para celebrar o Dia das Bruxas sem desperdício alimentar.

A ideia é que as crianças de 59 escolas das regiões do Ribatejo e Oeste decorem a abóbora e cozinhem, depois, uma “Pizza Terrorífica”. Segundo a Love Butternut, a abóbora manteiga tem a pele dura e impermeável, característica que permite decorá-la com qualquer tipo de material sem que a polpa seja contaminada.

A campanha marca presença também nas redes sociais, com a participação de influenciadores nacionais, convidados a mostrar que é possível celebrar o Halloween sem desperdício alimentar.




|Fonte: Marketeer, 27 Outubro 2022

8 views